Thinking about...

Hoje estive a pensar. Nada de especial, nada de anormal. Tive a pensar como tem sido a minha vida desde que aqui estou, desde que vos conheço. Não tem sido fácil. Talvez tenha sofrido mais neste ultimo mês do que em todos até aqui. Mas a verdade é que nem por isso estou com vontade de desistir. A minha personalidade alterou-se desde que 'vivo' neste mundo paralelo, o meu perfeccionismo foi levado ao extremo. As pessoas dizem-me que eu estou diferente. Dizem que já não sou eu. Mas não me importo. A felicidade do sentimento de realização é indescritível, algo que eles nunca vão conseguir perceber. A ansia de ver os números da balança cada vez menores, o desgosto de me ver ao espelho e nada se ter alterado, quase a minha razão de viver.

Lembro-me do meu primeiro post. Entre outras coisas dizia que eu não era totalmente pró-ana. Como me rio disso agora, como choro. Naquela altura pensei que nunca iria fazer um NF. Hoje vejo como estava enganada. Acho que entrei aqui mais numa onda de brincadeira e de 'vamos ver até onde isto vai'. Hoje vejo como estava enganada. Mudei sim. Já consegui perder algum peso, mas a maior das alterações não é visível aos olhos de ninguém. Só aos meus. Ninguém vê o desespero que levo comigo quando a hora de almoço chega e eu tenho mesmo de comer porque se não o fizer as pessoas começam a desconfiar. Ninguém vê a vontade de ficar em casa, a vontade de estar sozinha e de chorar. Ninguém vê o que me vai para alem da alma, ninguém pode entender porque decidi acabar com a minha vida desta maneira, destruindo um bocadinho de cada vez.

Sofro incansavelmente porque não consigo andar para a frente. Parei neste patamar em que nada nem ninguém se mexe. Nem mesmo eu. Recuso-me a ficar aqui. Quero continuar a avançar nesta batalha contra a gordura que me consome, que eu consumo.

Pergunto-me o que diriam as pessoas, os meus amigos se soubessem. Quantas palestras de 'como isto é perigoso', de 'como eu não preciso', de 'como sou bonita assim' iria ouvir? Quantos supostos amigos se afastariam e quantos ficariam para me ajudar? Quantos entenderiam o sofrimento de não nos aceitarmos, de não gostarmos do embrulho a que fomos confinadas e aceitariam a situação? Quantos iriam a correr contar a meio mundo o que se passa? Quantos apontariam o dedo e rir-se-iam na minha cara? Quantos?

Nos últimos dias adoptei a máxima 'como para viver, não vivo para comer'. Mas parece que o mundo se uniu para me deitar abaixo. Quantas vezes é que as pessoas vêm falar comigo sobre comida e dizer que comeram este mundo e o outro? Quantas vezes eu me enojo ao pensar na quantidade astronómica de comida que já lhes desceu para o estômago? Quantas vezes tenho vontade de gritar 'a comeres assim vais acabar um monstro!!!'? Mas não. Não é por estas pedras, estes muros surgirem que eu vou desistir do meu objectivo. Não vou deixar que estas pessoas que parecem saber, que parecem fazer de propósito para falar de comida à minha frente me façam desistir. Não vou! Não vou!

Acho que já chega. A verdade é que tenho andado meia deprimida, mas isso não é nada que não se resolva. O caminho é em frente, nunca para trás.


Força para todas princesas. Espero que estejam todas bem, assim como as dietas. Beijinho

13 amores-perfeitos *-*:

Tati disse...

Oi flor! Acho que o ultimo mês foi ruim pra todas nós. Que este seja melhor...seja bom.
Como vc mesmo disse:" caminho pra frente..." Forças.Bju grande

Andie disse...

ow no outro post estavas tão mais feliz TT__TT
Fico triste em saber que o tempo que estás aqui tem te deixado ainda mais triste.

"mas o caminho é pra frente e nunca pra trás"...isso mesmo.
essa é a máxima que deverias adotar.

e és uma gaja [se diz assim?] tão novinha...
qdo eu tinha tua idade,ao menos era feliz sem t.a.
mas irás ser incomensuravelmente feliz ainda.

beijos.

desconhecida disse...

oi querida!!
espero q vc melhore,e n desista de lutar,acho qtodas estamos passando uma fase ruim,mas vai melhorar,vc vai ver!!kbça erguida e caminhe como vc disee pra frente,sempre a frente!!
bjus e força sempre!!

KaH...x) disse...

Ui, gostei de tudo que disse, tudo mesmo...

Andar pra tras? jamais =D bola pra frente..
*odeio o meu modo de falar...*

Mas qualquer coisa, estou aqui pronta pra te ajudar..

bjinhus, fika bem viu!

cristinaproana disse...

Oi Linda, que triste ler tudo isso de vc. Realmente não tinha percebido o quanto isso estava afetando sua vida.
Espero que vc consiga achar um equilíbrio entre esses 2 mundos e que consiga se sentir melhor ou nas piores das hipóteses, se vc se sentir melhor sem esse mundo aqui, a gente vai entender se vc decedir se afastar por um tempo.
O que tens que fazer é colocar tudo isso numa balança e ver se isso tem te ajudado ou te atrapalhado.
Se precisar conversar, pode me mandar emails.
Fique bem !!!!
Te adoro :-*
Bjuxx

Menina d'Luxo disse...

O importante é que tenhas a certeza que este é o caminho certo para ti.
Tocou-me o que disses-te .. has vezes n ha como voltar a trás.

Bjhos na pontinha do nariz.

Ferzinha . ♥ disse...

Eu acho que todos esses sentimentos de tristeza, solidão e muitas vezes raiva acompanha a todas que entram nesse mundo paralelo como você disse.
Talvez seja um "sintoma" típico de que sofre disso.

Muitas vezes já parei para pensar também onde isso vai me levar, e mais ainda, o que os outros diriam se soubessem o que fazemos.
Hoje, olho para as pessoas comendo um pão, e jamais me imagino novamente comendo esse mesmo pão que comia há uns 2 anos atras.
Vejo as pessoas almoçando um prato de arroz, feijão, batatas fritas, carne, e não me vejo sentindo nunca mais o gosto dessa comida..Parece que foi a tanto tempo, e que isso nunca mais voltará.
Vejo também as pessoas comendo normalmente, e me pergunto, "como elas comem tanto?" Mais na verdade eu que passei a comer de menos..

A necessidade da solidão se faz para todas nós, mais não podemos deixar que isso tome conta, pois se não depois pode ser tarde demais para proucurar apoio nos amigos..

Beijos fica bem e força!

Beαtяiz disse...

É vergonhoso e triste. Como é que é possível os pais deixarem uma criança chegar aqueles extremos? OMG! Este Mundo está perdido!
Beijinho*
Força ai, hein?

Sophie disse...

Amor eu não sou nada pro-ana e pro-mia muito menos, precisamente porque sei o sofrimento que isto é... eu fui pró-ana quase toda a minha vida e sempre fui magrela, mas os últimos anos têm-me destruido e, se agora te sentes pro-ana, acredita que um dia vais deixar de o ser=( Uma coisa é ser pro-ana (e viver com uma anorexia leve, tal como eu vivi quase toda a minha vida), mas quando deixamos de ter controlo na situação... acredita... deixamos de ser pro-anas=/ De momento, apenas me limito a viver desta forma mas nunca serei a favor da anorexia (pq ser pro-ana é ser a favor da anorexia). Não me quero livrar da ana, mas não sou a favor dela, pois sei o quanto ela pode destruir as pessoas; simplesmente, no meu caso, não abdico dela porque não consigo, porque preciso dela para viver... Parece confuso, mas eu sei que compreendes;)
Isto é uma vida que não escolhemos, mas que se apodera de nós e, infelizmente, não tem nada de feliz ou glamoroso:S Simplesmente já não sabemos viver de outra forma e, siceramente, não estamos (ainda) dispostas a mudar isso...

Bem amor, eu fiquei tristinha pelo desânimo no post, espero que já estejas melhor;)

Qualquer coisa que precises é só dizer, eu sei o que estás a passar...

Se quiseres adiciona-me no msn: kitty-87-@hotmail.com ;)

beijinhos e um óptimo fim-de-semana!!!

Anna disse...

NOSSA. me identiqfiquei DEMIASS COM SEU TEXTO.
comecei do mesmo jeito e acabei da mesma forma.
foça pra gente. beijoss

[eu não consigo comenta com meu log,estranho, mas deixo aqui meu blog, comenta la por favor.
http://anna-nevergiveup.blogspot.com/

beijossss

complexaa disse...

" felicidade do sentimento de realização é indescritível, algo que eles nunca vão conseguir perceber. A ansia de ver os números da balança cada vez menores, o desgosto de me ver ao espelho e nada se ter alterado, quase a minha razão de viver.
"
guria sem comentários....
parece que você arrancou de cada uma de nós-não tenho dúvida- de um pouco do que passa em nossas cabeça...
É duro ter que aceita mais foi uma escolhas que fizemos, como você mesmo diz "vamos ver até onde vai dar!"...
Mas é o que penso:entrei?!agora vou até o final!
Não baixa a cabeça, segue em frente força!!!!!






JAMAIS DESISTA DOS SEUS SONHO!


;*

Depressive Ana disse...

infelismente, [sem ofender] faço das minhas palvras.
quando olhei pra mim no espelho quase que agora e vi aquela baleia olhando pra mim...
tô com muita vontade de chorar. depois falo com você direitinho

beijos

Anónimo disse...

Olá, sou uma admiradora vossa (proanas), tenho tentado mas não consigo! Mesmo assim perdi 3 kilos no ultimo mês de tanto fechar a boca. O que posso fazer mais?
Beijos e força a todas.

Beta
melisabetezevedo@gmail.com

Enviar um comentário

SMILE ;D

 

Design in CSS by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine
Blogger Template created by Deluxe Templates