2 anos. 100 posts

And from the heaven to the womb to the heavens again
From the endin' to the endin', never got to begin
Maybe one day we could meet face to face?
In a place without time and space
Happy Birthday...
(Flipsyde - Happy Birthday)

A ferro e fogo. É mais ou menos assim que as coisas estão a sair neste momento. É mais ou menos assim que os meus dedos, que passeiam e deslizam pelo teclado, vão encontrando as teclas certas para dizer aquilo que eu sinto e não consigo expressar. É mais ou menos assim que fui comentando outros, alguns mais por respeito do que por vontade.
Não vou mentir. Eu já não sei o que escrever, já não sei que mensagem passar a quem possa estar de um outro lado distante, sabendo ou não se aquilo que eu penso tem realmente importância. Mas mais do que não saber o que escrever eu não quero escrever, eu não posso escrever! Não, não mais. Neste mundo de páginas, cantos e recantos, de pedaços de alma deixado em meia dúzia de linhas ou letras eu sou incapaz de deixar uma palavra de apoio, uma que seja. Porquê? Porque simplesmente eu não posso apoiar a maioria das coisas que leio. Porque simplesmente eu não posso apoiar a auto-destruição, mesmo fazendo coisas semelhantes. Porque simplesmente eu não posso.

Sim, hoje faz dois anos que criei o blog. Sim este é o centésimo post. Parabéns?

Não poder apoiar não me impede de vos amar.
<3

13 amores-perfeitos *-*:

Inútil disse...

hey! tenho o teu blog na minha lista há algum tempo. Acho que ainda só li este post e o anterior.

Gostei especialmente do anterior, porque é muito importante que aprendamos as lições por nós, que as sintamos na pele, caso contrário, não aprenderemos nada. As coisas não ficam dentro de nós por nos dizerem, mas sim porque as experienciamos. gostei muito do teu desabafo, identifiquei-me de certa forma. :3

Quanto a este mais recente, bem... Apesar de os ler, tb n comento muitos dos blogs "pro ana", ou do género, porque não vou apoiar a auto-destruição, mesmo tendo atitudes/pensamentos semelhantes.

De resto, vou continuar a visitar-te, mesmo que aches que as tuas palavras não tenham importância. A minha teoria é que nada tem importância anyway... ;)

boas noites! :3

Black Cat disse...

Uma verdadeira mãe jamais apoiaria um filho assassino, mas também jamais deixaria de amá-lo...


Força! ♥

Pucca disse...

Acho muito que depende do ponto de vista; sera que dois anos de blog é parabens?
Na minha opinião: é sim, pois de alguma forma voce desabafa.
Nao saber o que escrever é meu maior problema =/

Black Cat disse...

Obrigado pelo comentário ♥

Bonequinha de trapos disse...

Não te dou os parabéns...e tu sabes o porquê...
Love se não queres mais, se tás totalmente out disto, pq não te afastas? Faz como a Scar e dá um "chega" nesta vida... e se quiseres, tal cm ela, eu nem sequer te mando msg, mail, ou ligo...
Só quero que fiques bem, feliz, saudável...
Não, não te dou os parabens por 2 anos de destruição... desculpa
LOVE YOU

Bubbles disse...

Compreendo-te, mas qualquer palavra ou desabafo é uma experiência com que muitos de nós nos identificamos. E basta isso para não nos sentir-mos mal ou sozinhas.

Não precisas chegar e dizer 'força, vai em frente'. Mas a troca e partilha de vivências, enriquece e ajuda qualquer uma de nós. Porque eu não procuro quem me dê força para ficar 48h sem comer, procuro quem me olhe de uma forma normal, que não me critique ou me rebaixe, que me conte o que tem acontecido na vida delas, como soluciona problemas, ajudar quem posso e etc.

Não saberes o que dizer ou não quereres apoiar é normal. Eu própria fico muitas vezes assim. Mas a tua permanência aqui é essencial (pelo menos para mim).

:) *

Lord Insane disse...

Pensa pelo lado bom, pelo menos você escreveu algo
xD

Anne Darkness disse...

Sim, parabéns.
Não exatamente pelos dois anos de blog ou pelos 100 posts, mas por aguentar por mais de dois anos e estar aqui, firme, apesar de tudo.

Entendo como é perder as palavras. Meus posts estão raros por falta do q falar. Leio o blog de vcs e não comento por falta do q falar tbm.

Uma palavra de apoio pra encerrar o comentario?

Só posso dizer q espero muuuito q as coisas melhorem.

<3

Anna Bunny disse...

Compreendo que não queira apoiar... tb não gosto. Sou bem mais egoísta, no entanto, visto que continuo a falar mesmo sabendo o efeito q minhas palavras podem ter, só pra me sentir melhor. Mas saiba q mesmo q eu pouco comente, estou sempre lendo suas atualizações, só saber q vc está aí já é uma grande coisa pra mim.
Bjus, e parabéns, anyways, rs.

Violet disse...

percebo perfeitamente.. mas já estou tão dentro deste muito que já tudo faz sentido, tudo é normal neste cantinho que são os blogs. já nada é demais.
é triste.
*

Eleanora disse...

Doll, eu sei e compreendo o que me dizes, mas já ando nisto à tanto que não sei se sou capaz de me libertar. Eu não quero curar-me, mas ao mesmo tempo não quero viver a minha vida a pensar que nunca vou ser suficiente...
Compreendes?

Tudo de bom para ti, querida.
Beijinho**

psicoanna disse...

Ve se volta. deixei um selinho p/ vc.

Bjokas

Mikhael disse...

Quando não se sabe muito bem o que escrever, significa que é altura de ler.
Porém, não podes ler!
Pelo que pude observar, tu sabes escrever. Saberás ler?




Gostei deste cantinho luminoso.
Bem hajas

Enviar um comentário

SMILE ;D

 

Design in CSS by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine
Blogger Template created by Deluxe Templates